OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
Quem somos
HOME

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 6 de junho, às 14h, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 6 de junho, às 14h, Online

Assembleia fará Escolha de Delegados/as e Observadores/as para participarem na 192ªPLENA

Saiba Mais
Sinasefe MT se une a Adufmat e Sintuf em Ato Público por respeito nas negociações salariais e melhorias nas Instituições Federais

Sinasefe MT se une a Adufmat e Sintuf em Ato Público por respeito nas negociações salariais e melhorias nas Instituições Federais

O Dia Nacional de Luta pela Educação Federal será na próxima segunda-feira (3) às 7h30 na guarita 1 da UFMT

Saiba Mais
Audiência Pública discute valorização das carreiras da rede federal de educação em MT

Audiência Pública discute valorização das carreiras da rede federal de educação em MT

Sinasefe Seção Mato Grosso esteve presente, junto aos comandos de greve e entidades sindicais

Saiba Mais
Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para sexta, dia 10 de maio, às 8h45, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para sexta, dia 10 de maio, às 8h45, Online

Assembleia fará Análise de um mês de greve e deliberará sobre prorrogação do mandato da atual diretoria

Saiba Mais
Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 25 de abril, às 8h45, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 25 de abril, às 8h45, Online

Assembleia deliberará acerca das propostas PCCTAE e EBTT e fará escolha de Delegados/as para participarem na 190ª PLENA do SINASEFE

Saiba Mais

HOME / Noticias

Segunda-Feira, 17 de Abril de 2023, 20h56   (Atualizada 17/04/2023 às 20:56)

Sinasefe MT solicita esclarecimentos da Reitoria do IFMT sobre custos e objetivos de Missão Internacional

Delegação com 30 gestores viajou por 12 dias à Portugal e Noruega, fato que gerou críticas de toda a comunidade acadêmica
Assessoria

O Sinasefe Seção Sindical Mato Grosso protocolou na última quinta-feira (13) um ofício destinado ao reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), professor Júlio Cesar dos Santos, no qual o sindicato manifesta total preocupação e solicita esclarecimentos quanto às despesas e os objetivos pretendidos com a política de formação de gestores do IFMT, que levou trinta gestores da instituição para participarem da Missão Institucional Internacional em Portugal e na Noruega entre os dias 03 a 15 de março deste ano.

 

Atendendo às críticas da comunidade acadêmica, às quais chamou de contundentes, tanto a Seção Mato Grosso quanto a comunidade avaliam que não havia necessidade de um número tão expressivo de gestores para assinar um termo de cooperação de intercâmbio científico, cultural e acadêmico, diante dos recursos disponíveis para a instituição.

 

Em 2022, a comunidade acadêmica do IFMT foi às ruas por diversas vezes manifestar contra os sucessivos cortes, bloqueios e contingenciamentos de recursos, aos quais o sindicato chama de retrocesso orçamentário enfrentando pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica em todo o país. 

 

Na ocasião dos protestos, o IFMT, através do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) veio a público expressar sua indignação contra as perdas e prometeu lutar pelo orçamento.

 

"Mesmo diante de um cenário totalmente desolador, uma vez que o orçamento da Rede Federal tem sofrido com perdas, bloqueios e cortes durante os últimos anos, o Conif reitera seu posicionamento de batalharmos todos pela recomposição integral do que foi aprovado na Lei Orçamentária do ano de 2022, em respeito e compromisso com a Educação brasileira e aos seus mais de um milhão de estudantes” afirmava a nota oficial do Conselho. No entanto, o IFMT inicia o ano letivo de 2023 com uma viagem de missão internacional, sem demonstrar o impacto orçamentário à comunidade, afirma o sindicato. 

 

De acordo com o Sinasefe Seção MT, "os valores gastos nessa missão internacional pelo IFMT, com 30 gestores, é, no mínimo, contraditório diante da carência de infraestrutura administrativa, pedagógica e condições de trabalho que temos nos campi do IFMT. É preciso estabelecer uma política de formação permanente para o IFMT e não apenas para um mandato”, reforçando que desde o planejamento até a definição de investimentos de recursos em formação deve ser um processo dinâmico, transparente e construído democraticamente em todos os campi.

 

Por fim, o Sinasefe Seção Mato Grosso cobra da reitoria e do reitor do IFMT que a instituição dê publicidade a todos os custos pagos nessa missão internacional, além do impacto dessa ação nas atividades cotidianas dos campi. O ofício ainda cobra uma justificativa para uma delegação tão extensa e os critérios para escolha dos trinta participantes.

 

O Sinasefe Seção MT reitera à toda base sindical e à comunidade acadêmica sua luta para garantir espaços de decisão cada vez mais democráticos, além da implementação do diálogo e do debate com toda a categoria para que as prioridades sejam elencadas com o objetivo de tornar a educação cada vez mais eficiente em cada campus do IFMT, num processo de gestão transparente e participativo.

 

Clique aqui e acesse o Ofício na íntegra!

Fonte: Assessoria
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358 9440 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR