OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
Quem somos
HOME

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 6 de junho, às 14h, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 6 de junho, às 14h, Online

Assembleia fará Escolha de Delegados/as e Observadores/as para participarem na 192ªPLENA

Saiba Mais
Sinasefe MT se une a Adufmat e Sintuf em Ato Público por respeito nas negociações salariais e melhorias nas Instituições Federais

Sinasefe MT se une a Adufmat e Sintuf em Ato Público por respeito nas negociações salariais e melhorias nas Instituições Federais

O Dia Nacional de Luta pela Educação Federal será na próxima segunda-feira (3) às 7h30 na guarita 1 da UFMT

Saiba Mais
Audiência Pública discute valorização das carreiras da rede federal de educação em MT

Audiência Pública discute valorização das carreiras da rede federal de educação em MT

Sinasefe Seção Mato Grosso esteve presente, junto aos comandos de greve e entidades sindicais

Saiba Mais
Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para sexta, dia 10 de maio, às 8h45, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para sexta, dia 10 de maio, às 8h45, Online

Assembleia fará Análise de um mês de greve e deliberará sobre prorrogação do mandato da atual diretoria

Saiba Mais
Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 25 de abril, às 8h45, Online

Sinasefe MT convoca Assembleia Geral para quinta, dia 25 de abril, às 8h45, Online

Assembleia deliberará acerca das propostas PCCTAE e EBTT e fará escolha de Delegados/as para participarem na 190ª PLENA do SINASEFE

Saiba Mais

HOME / Noticias

Sexta-Feira, 17 de Junho de 2022, 20h59   (Atualizada 17/06/2022 às 20:59)

Sinasefe defende teletrabalho para servidores e servidoras dos grupos de risco da Covid-19

Com o crescente aumento no número de casos de infectados por coronavírus, medida visa proteger a vida dos trabalhadores e trabalhadoras do IFMT que possuem comorbidades.
Assessoria

A coordenação geral da seção sindical Mato Grosso do Sinasefe protocolou nesta semana um ofício junto à reitoria do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) requerendo a continuidade do teletrabalho, em regime de home office, aos servidores do Instituto Federal da Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) que possuem algum tipo de comorbidade que os colocam nos grupos de risco da Covid-19.

Com o crescente aumento no número de casos de contaminação pela nova variante da Covid-19,  que continua fazendo vítimas fatais diariamente no Brasil, servidores e servidoras dos grupos de risco que atuam nos campi do IFMT ficam expostos, por possuirem uma condição de saúde que poderá piorar um quadro clínico de Covid-19.

Entre as vítimas fatais do coronavírus, os grupos de risco, ou seja, idosos maiores de 60 anos, imunossuprimidos, portadores de doença grave e incurável, são os mais atingidos. "Não é razoável que estes servidores e servidoras sejam novamente expostos e sem qualquer segurança quanto aos riscos”afirma trecho do documento entregue pelo Sinasefe.

No ofício, o Sinasefe-MT requer da reitoria esclarecimentos quanto às medidas de segurança e saúde do trabalho adotadas em relação ao retorno do trabalho presencial dos servidores que compõem o grupo de risco para a Covid-19 e providências para a concessão do direito de exercício das atribuições funcionais por meio de teletrabalho para aqueles servidores que comprovarem integrar o grupo de risco para a COVID-19.

O pedido do Sinasefe é amparado pela legislação vigente, que trata a respeito dessa condição no serviço público federal, como o Decreto nº 11.072/2022 que regulamenta o teletrabalho e o controle de produtividade no Executivo Federal. Também é citada a determinação da Justiça Federal do Distrito Federal, no dia 5 de junho, que os servidores públicos federais do grupo de risco não precisam retornar ao trabalho presencial. A decisão foi tomada em ação proposta pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal – Sindfisco Nacional.

Também é citada a Portaria nº 1.565/2020, publicada pelo Ministério da Saúde, que estabelece orientações sobre a prevenção e mitigação da transmissão da COVID-19, "especialmente para o grupo de risco, que mesmo com a vacinação, permanecem vulneráveis aos efeitos do vírus, prevendo, inclusive, a adoção, sempre que possível, da reorganização dos processos de trabalho, incluindo o trabalho remoto, especialmente para quem faça parte ou conviva com pessoas do grupo de risco", afirma o documento assinado pelo coordenador geral Ivo da Silva.

Já no âmbito do IFMT, o trabalho remoto encontra-se implantado através do Programa de Gestão Por Resultado, regulamentado pela Resolução CONSUP no 42, de 30 de agosto de 2021, alterada pela Resolução 85/2021 - RTR-CONSUP/RTR/IFMT, de 16 de dezembro de 2022.

A iniciativa do Sinasefe é de que a reitoria do IFMT autorize a utilização do teletrabalho para os servidores e servidoras que comprovem cumprir os requisitos por motivo de saúde e integram o grupo de risco da Covid-19, desde que não se ausentem da localidade em que trabalham.

Fonte: Assessoria
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358 9440 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR