OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Esposa de servidor falece em Cuiabá

Esposa de servidor falece em Cuiabá

É com profundo pesar que o SINASEFE/MT informa o falecimento de Érika Cristina Ferreira Araújo Neves, esposa do servidor Amarildo Jobim Campos Neves, lotado no campus Cuiabá- Bela Vista, e cunhada do também servidor Giovani Valar Koch.

Saiba Mais
Frente em Defesa da Educação Pública lança manifesto e cobra posição da UFMT sobre Future-se

Frente em Defesa da Educação Pública lança manifesto e cobra posição da UFMT sobre Future-se

Também foi lançado um manifesto em que foram elencados o que eles chamam de principais ataques à educação infantil, básica, tecnológica e universitária.

Saiba Mais
Sociedade civil organizada lança Frente em Defesa da Educação Pública

Sociedade civil organizada lança Frente em Defesa da Educação Pública

A Frente é uma organização de iniciativa popular que reúne os mais diversos movimentos sociais, sindicatos, centros acadêmicos, grêmios estudantis, coletivos de mulheres e associações, que têm como objetivo comum a incansável e ininterrupta defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, nas três esferas governamentais: municipal, estadual e federal.

Saiba Mais
Mestre Bolinha, saxofonista e ex-servidor, morre em Cuiabá

Mestre Bolinha, saxofonista e ex-servidor, morre em Cuiabá

O SINASEFE/MT presta condelências à família do servidor aposentado João Batista de Jesus da Silva, mais conhecido como Mestre Bolinha. Ele faleceu na tarde desta segunda-feira (05), aos 79 anos, em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) que aconteceu no último sábado (03). 

Saiba Mais
Sindicato convida aposentados para reunião sobre RSC

Sindicato convida aposentados para reunião sobre RSC

Os servidores aposentados do Instituto Federal de Mato Grosso estão convidados para participar de uma reunião sobre o Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) na próxima sexta-feira (02), às 14h, na sede do SINASEFE/MT, em Cuiabá.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Segunda-Feira, 03 de Outubro de 2016, 10h03   (Atualizada 03/10/2016 às 10:03)

Mobilização do Sinasefe MT leva centenas de pessoas às ruas no interior e na capital

ATO 29/09

A última quinta-feira, 29, foi marcada por protestos em todo o país. Em Mato Grosso não foi diferente. Professores, servidores técnico-administrativos e estudantes do Instituto Federal de Mato Grosso se reuniram pelos campi do estado para debater a atual conjuntura política e social que tem o poder de afetar negativamente a vida dos trabalhadores brasileiros.

 

No campus avançado de Lucas do Rio Verde, os servidores paralisaram as atividades no período matutino e convidaram os estudantes a discutir sobre diversos temas como Educação Pública, a reforma da grade curricular do Ensino Médio, e os projetos que vêm gerando intenso desgaste entre classe trabalhadora e Governo Federal, PEC 241 (que congela os gastos com o serviço público e não permite que o reajuste anual seja maior que a inflação, inclusive os investimentos em saúde e educação), PLP 257 (que prolonga as dívidas dos Estados com a União em 20 anos e, como consequência, pode congelar o salário de celetistas e servidores público por igual período) e a Lei da Mordaça (pretende especificar os limites de atuação dos professores).

 

Durante o período vespertino, os servidores do IFMT, juntamente com professores estaduais e municipais, protestaram em uma praça do centro da cidade. Já à noite, uma reunião com os pais de alunos do ensino médio e estudantes do período noturno foi realizada para esclarecer os motivos da paralisação. “Os servidores e estudantes do campus avançado de Lucas do Rio Verde estão muito empenhados na defesa dos direitos dos trabalhadores. Ao promover esse diálogo com a comunidade interna e externa, nós fortalecemos os vínculos e conseguimos mais pessoas para nos apoiar. Não podemos deixar que nossos direitos sejam reduzidos”, declarou Marcos Davino, tesoureiro do Sinasefe MT e servidor lotado em Lucas do Rio Verde.

 

Na cidade de Pontes e Lacerda, também houve protesto. Servidores e estudantes se reuniram na Praça Miguel Gajardoni, localizada na região central.

 

Em Cuiabá, servidores estaduais e federais se mobilizaram na Praça Ulisses Guimarães e realizaram passeata pela região do Centro Político e Administrativo da capital. O coordenador geral do Sindicato, Evertom Almeida, participou do protesto e reforçou a importância da classe se fortalecer e pressionar para que esses projetos precarizam as relações entre os trabalhadores e o governo. “Nossos pontos de pauta são específicos, lutamos contra os ataques aos direitos trabalhistas, previdenciários e sociais que o Congresso quer aprovar a qualquer custo. Nossa luta é por nenhum direito a menos. Temos que mantê-los e ampliá-los”, pontuou.

 

Sete campi do IFMT participaram do Dia Nacional de Lutas e Paralisações em Defesa dos Direitos. Foram eles, Cuiabá – Octayde Jorge da Silva, Cuiabá – Bela Vista, Reitoria, Várzea Grande, Confresa, Lucas do Rio Verde e Pontes e Lacerda.

Fonte:

FOTOS DESTA NOTÍCIA

Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR