OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

STF proíbe a redução salarial de servidores

STF proíbe a redução salarial de servidores

Na última quarta-feira (24), o Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucionalidade ao dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal que permitia à Administração Pública reduzir salários e jornada de trabalho dos servidores públicos. 

Saiba Mais
Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Diante dos recentes acontecimentos de violência policial sofridas por pessoas negras a nível nacional e mundial, se fez necessário debater ainda mais o racismo. 

Saiba Mais
Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

A Frente Popular em Defesa do Serviço Público e de Solidariedade ao Enfrentamento à Covid-19 manifesta seu mais profundo repúdio à ação difamatória e de assédio moral coletivo da Prefeitura de Cuiabá que, a pretexto de realizar vistoria, violou os armários dos trabalhadores no Hospital de Referência para Covid-19 e os expôs a situação vexatória com acusações não comprovadas de retenção de EPI e extravio de forma ilícita, de forma vertical aplicando penalidades.

Saiba Mais
Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

O próximo tema a ser debatido pelo projeto Conversa de Classe é o RACISMO. O tema é tão extenso que decidimos dividi-lo em 2 lives: a primeira será sobre "Racismo, branquitude, capitalismo dependente e 'fascismo nosso de cada dia'" e acontece na próxima terça (23), às 19h (horário de Mato Grosso) e 20h (horário de Brasília).

Saiba Mais
Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Uma iniciativa de servidores e estudantes do IFMT – campus São Vicente está gerando impactos positivos neste período de quarentena, isolamento social e suspensão das atividades presenciais nas unidades de ensino de todo o país.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Terça-Feira, 12 de Maio de 2020, 14h43   (Atualizada 12/05/2020 às 14:43)

Profissionais de enfermagem são homenageados em protesto no centro de Cuiabá

CORONAVÍRUS

Em referência ao Dia Internacional da Enfermagem, comemorado nesta terça-feira (12), uma manifestação de trabalhadores de várias categorias, além de representantes de movimentos sociais, homenageou os empenhos realizados por profissionais de enfermagem no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Organizado pela Frente Popular em Defesa dos Serviços Públicos e de Solidariedade ao Enfrentamento da Covid-19, da qual o SINASEFE/MT faz parte, a homenagem em forma de protesto espalhou cruzes pelo canteiro central da av. da Prainha e distribuiu 500 máscaras de tecido na região central de Cuiabá durante o começo desta manhã e foi transmitida ao vivo pela página do sindicato no Facebook.

 

De acordo com a organização da manifestação, o objetivo principal era alertar para o risco que os profissionais de saúde estão submetidos diante da precarização do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo dados divulgados pelo Conselho Federal de Enfermagem, em apenas dois meses, já morreram no Brasil 98 profissionais, mais do que Espanha e Itália juntos. Cada uma das cruzes fixadas no canteiro da avenida simbolizava a vida de um profissional da saúde que foi ceifada pela Covid-19.

 

“A morte de cada um dos enfermeiros brasileiros que atuavam na linha de frente do combate ao coronavírus importa. Não foi por acaso. Os governos neoliberais que promoveram sucessivos cortes de recursos, entre outras políticas voltadas à privatização da saúde pública são os grandes responsáveis por essas perdas”, denunciam.

 

Os organizadores ainda chamam atenção para o fato de que países com sistemas de saúde pública mais consolidados estão lidando melhor com a pandemia. Os exemplos são Alemanha e Estados Unidos (EUA). Com um histórico de investimento em saúde pública, a Alemanha aparece como exemplo pelo baixo número de mortalidade, enquanto os EUA, cujo sistema de saúde é dominado pelo mercado privado, é líder do ranking de mortalidade.         

 

O protesto também relembrou a perda de Athaíde Celestino da Silva, de 63 anos, que faleceu no início do mês de maio em decorrência da Covid-19 após 37 dias de internação. Athaide Celestino da Silva era enfermeiro há 37 anos e trabalhava na Unidade III do Hospital Adauto Botelho, onde foram confirmados 17 casos de Covid-19 no dia 7 de abril, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), outros 106 profissionais da Enfermagem estão infectados no estado e no Brasil, já são cerca de 13 mil.

 

Fonte: Com informações PnB e Adufmat

FOTOS DESTA NOTÍCIA

Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR