OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

STF proíbe a redução salarial de servidores

STF proíbe a redução salarial de servidores

Na última quarta-feira (24), o Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucionalidade ao dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal que permitia à Administração Pública reduzir salários e jornada de trabalho dos servidores públicos. 

Saiba Mais
Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Diante dos recentes acontecimentos de violência policial sofridas por pessoas negras a nível nacional e mundial, se fez necessário debater ainda mais o racismo. 

Saiba Mais
Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

A Frente Popular em Defesa do Serviço Público e de Solidariedade ao Enfrentamento à Covid-19 manifesta seu mais profundo repúdio à ação difamatória e de assédio moral coletivo da Prefeitura de Cuiabá que, a pretexto de realizar vistoria, violou os armários dos trabalhadores no Hospital de Referência para Covid-19 e os expôs a situação vexatória com acusações não comprovadas de retenção de EPI e extravio de forma ilícita, de forma vertical aplicando penalidades.

Saiba Mais
Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

O próximo tema a ser debatido pelo projeto Conversa de Classe é o RACISMO. O tema é tão extenso que decidimos dividi-lo em 2 lives: a primeira será sobre "Racismo, branquitude, capitalismo dependente e 'fascismo nosso de cada dia'" e acontece na próxima terça (23), às 19h (horário de Mato Grosso) e 20h (horário de Brasília).

Saiba Mais
Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Uma iniciativa de servidores e estudantes do IFMT – campus São Vicente está gerando impactos positivos neste período de quarentena, isolamento social e suspensão das atividades presenciais nas unidades de ensino de todo o país.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 01 de Maio de 2020, 21h40   (Atualizada 01/05/2020 às 21:40)

Mais um dia do trabalhador sem motivos para comemorar

1º de maio

Neste 1º de maio não vamos relembrar os motivos que levaram à criação da data, mas, vamos falar da história que está acontecendo agora nos dias atuais. Mais de um século se passou desde o início das lutas dos trabalhadores que deram origem a este dia e, hoje, 1º de maio de 2020, vemos que as tristes condições da classe trabalhadora permanecem praticamente as mesmas.


A perda de seus direitos - a Reforma Trabalhista, a Reforma da Previdência -, os ataques à Educação e à Saúde públicas, a precarização do trabalho e o desemprego certamente não nos dão motivos para comemorações. Como se não bastassem esses desastres sociais, soma-se a eles um desastre epidemiológico, que veio convocar a classe trabalhadora para o combate do capital, com ações de solidariedade.
As implicações das medidas preventivas à CoViD-19 despertaram, mais uma vez, nossa atenção para as péssimas condições da nossa classe.


Conscientes de nossa responsabilidade com a solidariedade de classe, o SINASEFE MT promoveu ações junto a desempregados, terceirizados, prestadores de serviços e uberizados, que enfrentam dificuldades adicionais com o isolamento social.


O sindicato e seus representantes mobilizaram suas energias para tentar diminuir as terríveis consequências dos problemas sociais lançados às costas dos trabalhadores, colocando à disposição recursos financeiros, materiais educativos e carros de som.

 

Em diversos momentos fomos ao encontro dos trabalhadores mais impactados, numa tentativa de autêntico exercício de solidariedade entre trabalhadores, num reconhecimento de que somos todos explorados pelo Capital.


Com os indícios de flexibilização das medidas preventivas de contágio ao novo coronavírus, a preocupação com a classe aumenta, principalmente porque, segundo cientistas, a transmissão do vírus deve aumentar e milhares de trabalhadores mais vulneráveis serão expostos à possibilidade de morte.

 

O SINASEFE MT, as delegacias sindicais de Alta Floresta e Sinop juntamente com outros sindicatos e movimentos sociais que fazem parte da Frente de Solidariedade à CoViD-19 promoveram a distribuição de máscaras de tecido à população e reforçou a necessidade do isolamento social enquanto melhor alternativa para evitar a propagação da doença em nosso estado.

 

Infelizmente, a postura que vemos de nossos governantes – tanto em nível municipal quanto estadual e federal – é o aparelhamento do Estado aos interesses do Capital, o que causa maior exposição da população ao vírus, negando aos trabalhadores o direito à vida!

 

Que neste 1º de maio intensifiquemos nossas ações, demonstrando assim a nossa solidariedade de classe. Esta, sem dúvida, é a melhor maneira de combater os interesses escusos do Capital.

Fonte: Assessoria

VIDEO DA NOTÍCIA

Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR