OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Semana de Combate ao Assédio Moral aborda saúde e adoecimento no trabalho e reforça a luta e os laços de solidariedade

Semana de Combate ao Assédio Moral aborda saúde e adoecimento no trabalho e reforça a luta e os laços de solidariedade

O ponto central da campanha foi a prevenção da ocorrência dos assédios por meio de palestra formativa e educativa e, para abordá-lo, recebemos como convidado o professor dr. Nilson Berenchtein Netto, da Universidade Federal de Uberlândia. 

Saiba Mais
SINASEFE ajuiza ação contra extinção de FGs

SINASEFE ajuiza ação contra extinção de FGs

Assessoria Jurídica Nacional (AJN) do SINASEFE ajuizou no dia 19 de setembro a Ação Civil Pública nº 1027521-53.2019.4.01.3400, distribuída para 8ª Vara Federal de Brasília-DF, contra o Decreto nº 9725/2019.

Saiba Mais
Live sobre Militarização da Educação

Live sobre Militarização da Educação

O SINASEFE Nacional promoveu no último dia 18 de setembro, em sua fanpage no Facebook, uma transmissão ao vivo que debateu os projetos de Militarização da Educação em curso no país e seus efeitos negativos à qualidade e à liberdade do Ensino.

Saiba Mais
Uma foto que mostra o que é a uberização do trabalho

Uma foto que mostra o que é a uberização do trabalho

Tá achando que motorista do Uber é “empresário” ou o guri de bicicleta leva comida nas costas é “empreendedor”? A foto mostra o que significa o uso das tecnologias para aumentar a exploração sobre o povo. 

Saiba Mais
Seções sindicais pedem à Reitoria esclarecimentos sobre a situação financeira do IFMT e cobram diálogo a respeito do Future-se

Seções sindicais pedem à Reitoria esclarecimentos sobre a situação financeira do IFMT e cobram diálogo a respeito do Future-se

Todas as seções sindicais do SINASEFE em Mato Grosso protocolaram um ofício solicitando informações precisas sobre a atual situação orçamentária do IFMT, tanto em âmbito geral quanto nas particularidades de cada campus. O documento também cobra da Reitoria a realização de audiências públicas para promover o amplo debate a respeito do programa Future-se.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Terça-Feira, 27 de Agosto de 2019, 02h05   (Atualizada 27/08/2019 às 02:05)

Servidores do campus Bela Vista lançam nota de repúdio

PROGRAMA FUTURE-SE

Os servidores do Campus Bela Vista construíram uma nota de repúdio ao Programa Future-se, proposto pelo Governo Federal. No documento, professores e técnicos-administrativos elencam os prejuízos que, caso seja implantado na Rede Federal de Ensino, o programa deve acarretar à Educação Brasileira.

 

O SINASEFE/MT realizou uma rodada de assembleias pelos campus do Instituto Federal de Mato Grosso e uma das pautas foi a reflexão e debate acerca do programa que visa inserir capital privado nas Instituições de Ensino Superior do país. Durante as assembleias realizadas ficou clara a preocupação dos servidores em relação aos futuros investimentos no setor.

 

Leia a nota na íntegra:

 

 

NOTA DE REPÚDIO

As trabalhadoras e os trabalhadores da educação do Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Cuiabá Bela Vista, a partir de deliberação em Assembleia Geral (Edital 064/2019), reuniram-se, extraordinariamente, no dia 13/08/2019, com o intuito de aprofundar os conhecimentos sobre o Programa FUTURE-SE, proposto pelo Governo Federal, entendem que:

 

  1. Há um ataque aos fundamentos garantidos pelo artigo 207, da Constituição Federal, que garante às Instituições de Ensino, público e gratuito, a autonomia do Ensino, Pesquisa e Extensão. Pelo FUTURE-SE, as universidades e os institutos reduzem-se a captadores de recursos em prol do interesse privado;
  2. Existe um interesse do governo em isentar o Estado de cumprir sua obrigação constitucional de financiar a educação pública e gratuita, que constitui uma das devolutivas sociais da arrecadação de impostos;
  3. O documento apresentado à consulta é excessivamente vago em relação às atribuições, competências e limites das Organizações Sociais (OS´s). O FUTURE-SE, tal como está posto para consulta, constitui-se como um “cheque assinado em branco” dado ao governo e ao setor privado;
  4. O contingenciamento implementado pelo governo nas instituições de ensino precariza a educação pública de modo a forçar a adesão das universidades e dos institutos ao programa;
  5.  A adesão ao FUTURE-SE não soluciona os problemas oriundos da falta de investimentos públicos na educação.

 

Em suma, nossa análise é de que o Programa FUTURE-SE não trará nenhum benefício à educação pública, comprometendo direitos constitucionais básicos e, consequentemente, repercutindo em uma sociedade desigual, com prejuízos incalculáveis ao Brasil.

Fonte: Assessoria
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR