OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Esposa de servidor falece em Cuiabá

Esposa de servidor falece em Cuiabá

É com profundo pesar que o SINASEFE/MT informa o falecimento de Érika Cristina Ferreira Araújo Neves, esposa do servidor Amarildo Jobim Campos Neves, lotado no campus Cuiabá- Bela Vista, e cunhada do também servidor Giovani Valar Koch.

Saiba Mais
Frente em Defesa da Educação Pública lança manifesto e cobra posição da UFMT sobre Future-se

Frente em Defesa da Educação Pública lança manifesto e cobra posição da UFMT sobre Future-se

Também foi lançado um manifesto em que foram elencados o que eles chamam de principais ataques à educação infantil, básica, tecnológica e universitária.

Saiba Mais
Sociedade civil organizada lança Frente em Defesa da Educação Pública

Sociedade civil organizada lança Frente em Defesa da Educação Pública

A Frente é uma organização de iniciativa popular que reúne os mais diversos movimentos sociais, sindicatos, centros acadêmicos, grêmios estudantis, coletivos de mulheres e associações, que têm como objetivo comum a incansável e ininterrupta defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, nas três esferas governamentais: municipal, estadual e federal.

Saiba Mais
Mestre Bolinha, saxofonista e ex-servidor, morre em Cuiabá

Mestre Bolinha, saxofonista e ex-servidor, morre em Cuiabá

O SINASEFE/MT presta condelências à família do servidor aposentado João Batista de Jesus da Silva, mais conhecido como Mestre Bolinha. Ele faleceu na tarde desta segunda-feira (05), aos 79 anos, em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) que aconteceu no último sábado (03). 

Saiba Mais
Sindicato convida aposentados para reunião sobre RSC

Sindicato convida aposentados para reunião sobre RSC

Os servidores aposentados do Instituto Federal de Mato Grosso estão convidados para participar de uma reunião sobre o Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) na próxima sexta-feira (02), às 14h, na sede do SINASEFE/MT, em Cuiabá.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 01h11   (Atualizada 14/06/2019 às 01:11)

Nota de repúdio à Direção do campus Alta Floresta

O SINASEFE, Seção Sindical MT, vem a público repudiar veementemente a atitude da Direção Geral, do Diretor de Ensino e dos Coordenadores Gerais de Cursos do Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT -  Campus Alta Floresta em relação à sua postura de desrespeito e intimidação à decisão colegiada de adesão à Greve Geral do dia 14/06/2019. Cabe reiterar que a participação dos servidores e das servidoras nesta paralisação foi aprovada em Assembleia Geral, previamente convocada e divulgada, seguindo rigorosamente todos os prazos regimentais. Destaca-se ainda que o espaço de discussão e deliberação, na Assembleia Geral, está aberto à fala a todos os que se fizeram presentes, garantindo assim a liberdade de manifestação, fossem elas favoráveis ou contrárias, e o voto foi assegurado a todos os que atenderam as exigências regimentais, o que faz da Assembleia o momento legalmente adequado a posições divergentes. Fora deste, ações de qualquer ordem, que visem desmobilizar a categoria, devem ser classificadas como intimidação e ataque a direitos constitucionais.     

 

Mesmo tendo estas informações e previsões legais disponíveis, os gestores (Direção Geral, Direção de Ensino e Coordenações Gerais) do IFMT – Campus Alta Floresta, por e-mails institucionais e por mensagens no grupo de WhatsApp dos servidores, orientam quem quiser desrespeitar  a decisão coletiva e democrática de adesão à Greve Geral do dia 14/06 que se dirija às coordenações para que sejam viabilizadas as aulas. Esta atitude da atual gestão gera confusão e cria constrangimento aos servidores e às servidoras que estão exercendo o direito à greve, previsto na Constituição Federal, em seu Artigo 9º, que é atacado pelos diretores e coordenadores do IFMT – Campus Alta Floresta, tanto na competência da classe trabalhadora em decidir sobre a oportunidade de exercer o direito à greve, quanto nas razões, deliberadas coletivamente e democraticamente.

 

Comporta-se a Direção do Campus Alta Floresta, ao desrespeitar e tentar descumprir as decisões coletivas da categoria, como uma instância de intimidação e de censura, que cerceia preceitos constitucionais, ainda que muitas vezes de forma velada. Cria, também, uma tensão desnecessária à categoria, que já sofre ataques contínuos do atual Executivo Nacional. 

 

É necessário destacar que a atual Gestão do Campus Alta Floresta é formada por servidores, ainda que ocupem cargos. Ir contra a própria categoria é, também, alienar-se de sua condição material de trabalho; é aceitar o que está sendo imposto pelo atual governo e chancelar o desmonte do serviço público, o empobrecimento da população, a concentração de renda e a precarização de direitos essenciais, como a educação. Esta postura, contudo, associada à intimidação e ao assédio moral aos demais servidores e às demais servidoras, mesmo que velado, é crime. 

 

O SINASEFE/MT tomará todas as medidas possíveis contra estes desmandos e, por isto, reitera-se, repudia qualquer ataque, venha de quem vier, aos trabalhadores e às trabalhadoras.

 

Fonte: Assessoria
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR