OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

STF proíbe a redução salarial de servidores

STF proíbe a redução salarial de servidores

Na última quarta-feira (24), o Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucionalidade ao dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal que permitia à Administração Pública reduzir salários e jornada de trabalho dos servidores públicos. 

Saiba Mais
Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Racismo, branquitude, capitalismo dependente e fascismo são debatidos no Conversa de Classe

Diante dos recentes acontecimentos de violência policial sofridas por pessoas negras a nível nacional e mundial, se fez necessário debater ainda mais o racismo. 

Saiba Mais
Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

A Frente Popular em Defesa do Serviço Público e de Solidariedade ao Enfrentamento à Covid-19 manifesta seu mais profundo repúdio à ação difamatória e de assédio moral coletivo da Prefeitura de Cuiabá que, a pretexto de realizar vistoria, violou os armários dos trabalhadores no Hospital de Referência para Covid-19 e os expôs a situação vexatória com acusações não comprovadas de retenção de EPI e extravio de forma ilícita, de forma vertical aplicando penalidades.

Saiba Mais
Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

Conversa de Classe debate o racismo na próxima terça-feira (23)

O próximo tema a ser debatido pelo projeto Conversa de Classe é o RACISMO. O tema é tão extenso que decidimos dividi-lo em 2 lives: a primeira será sobre "Racismo, branquitude, capitalismo dependente e 'fascismo nosso de cada dia'" e acontece na próxima terça (23), às 19h (horário de Mato Grosso) e 20h (horário de Brasília).

Saiba Mais
Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Projeto de extensão promove debates online durante a quarentena

Uma iniciativa de servidores e estudantes do IFMT – campus São Vicente está gerando impactos positivos neste período de quarentena, isolamento social e suspensão das atividades presenciais nas unidades de ensino de todo o país.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Quarta-Feira, 05 de Junho de 2019, 15h54   (Atualizada 05/06/2019 às 15:54)

SINASEFE/MT se posiciona a favor dos trabalhadores do SINTECT-MT

NOTA DE REPÚDIO

Na noite deste domingo, 02 de junho de 2019, a Polícia Militar invadiu a sede do SINTECT-MT (Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos), em Cuiabá-MT, agrediu e prendeu diversos diretores do sindicato. Sem mandado, cerca de 15 policiais arrombaram o cadeado da entrada comarmas de fogo em punho (inclusive, efetuando disparos) e prenderam os dirigentes sindicais.

 

Durante a ação da polícia, um dos dirigentes do SINTECT-MT, imobilizado ao chão, foi fortemente agredido com diversos socos no rosto. O Presidente do sindicato foi separado dos demais e também foiagredido em um canto escuro no fundo do prédio. Os que tentaram gravar a ação sofreram ameaças etentativa de apreensão do aparelho celular.

 

A criminalização, a perseguição e as agressões contra os que lutam têm ficado cada dia maisrecorrentes. Dias atrás, o próprio Ministro da Educação incentivava a perseguição e ameaçou, em cadeianacional, docentes e sociedade em geral. Quanto mais a classe trabalhadora avança nas suas lutas, mais arepressão tende a aumentar. Vale lembrar que, no dia 15 de abril de 2019, a Coordenadora Geral doSINASEFE Nacional, Camila Marques, foi agredida e presa dentro do seu local de trabalho, no InstitutoFederal de Educação de Goiás – Campus Águas Lindas. Ela foi presa ao tentar resguardar a integridadefísica de alunos e alunas, menores de idade, que estavam sendo, truculentamente, detidos dentro do IFG.

 

São tempos sombrios. A repressão e a perseguição se escancaram a cada dia que passa. Os motivosmais esdrúxulos estão sendo usados para perseguir, agredir e deter dirigentes sindicais. Ou reagimos à altura, ou, muito em breve, nem mesmo de desculpas e vagos pretextos os agentes da repressão precisarão para nosprender e tentar nos calar.

 

Por isso, os sindicatos abaixo assinado repudiam veementemente a perseguição e a detenção dos dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios e, também, qualquer tentativa de criminalizar a organização e as lutas da classe trabalhadora.

 

Seguimos firmes.

 

Não nos calarão.

 

Dia 14 de junho de 2019, todos e todas à Greve Geral. ASSINAM ESSA NOTA:

 

- ADUFMAT (Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso);

- SINETRAN - MT (Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Mato
Grosso);

- SINASEFE - (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica);

Seções Sindicais:

 SINASEFE - Seção Sindical Cáceresl
 SINASEFE - Seção Sindical Mato Grossol
 SINASEFE - Seção Sindical Rondonópolisl
 SINASEFE - Seção Sindical São Vicentel
 SINASEFE - Seção Sindical IFMGl
 SINDSIFPE - Sindicato dos Servidores dos Institutos Federais de Pernambucol

 

Fonte: Assessoria
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99234-1887.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR