OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Qual é o nosso papel no mês dos surdos?

Qual é o nosso papel no mês dos surdos?

O mês de setembro é marcado por diversos eventos da comunidade surda. Eles são voltados para a conscientização sobre a acessibilidade e a comemoração das conquistas obtidas ao longo dos anos

Saiba Mais
Seções sindicais do SINASEFE em Mato Grosso discutem estratégias contra a implantação do ponto eletrônico

Seções sindicais do SINASEFE em Mato Grosso discutem estratégias contra a implantação do ponto eletrônico

Representantes de todas as seções sindicais do estado se reuniram na sede do SINASEFE/MT, em Cuiabá, para discutir ações referentes à campanha de enfrentamento à implantação do ponto eletrônico nas unidades do Instituto Federal de Mato Grosso.

Saiba Mais
Comunicado de Renúncia

Comunicado de Renúncia

A Diretoria Executiva do SINASEFE/MT torna público o comunicado de renúncia encaminhado pela presidente da Comissão Eleitoral, responsável pela condução e fiscalização da eleição da nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal 2019/2020, servidora Nádia Louise Dias de Souza Freitas.

Saiba Mais
Economista da Auditoria Cidadã revela como Dívida Pública mantém o Brasil um país dependente

Economista da Auditoria Cidadã revela como Dívida Pública mantém o Brasil um país dependente

Reproduzimos entrevista com o economista Rodrigo Ávila, da Auditoria Cidadã da Dívida, que explica como a Dívida Pública consome cerca de metade do orçamento do país todos os anos e é fruto de um mecanismo fraudulento para enriquecer banqueiros e especuladores 

Saiba Mais
Resultado das impugnações do Regulamento Eleitoral é públicado

Resultado das impugnações do Regulamento Eleitoral é públicado

A Comissão Eleitoral torna público o resultado dos pedidos de impugnação do Regulamento Eleitoral para a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal – Biênio 2018/2020.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Quinta-Feira, 30 de Agosto de 2018, 19h08   (Atualizada 30/08/2018 às 19:08)

Adicional de 25% deve ser pago a todo aposentado que precise da ajuda permanente de terceiros

INSS

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), seguindo o voto-vista da ministra Regina Helena Costa, que lavrará o acórdão, decidiu por maioria de cinco a quatro que, comprovada a necessidade de auxílio permanente de terceira pessoa, é devido o acréscimo de 25% em todas as modalidades de aposentadoria pagas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A assistência é prevista no artigo 45 da Lei 8.213/1991 apenas para as aposentadorias por invalidez e se destina a auxiliar as pessoas que precisam da ajuda permanente de terceiros.

 

Ao julgar recurso repetitivo (Tema 982) sobre o assunto, a seção fixou a seguinte tese: "Comprovada a necessidade de assistência permanente de terceiro, é devido o acréscimo de 25%, previsto no artigo 45 da Lei 8.213/1991, a todas as modalidades de aposentadoria.”

 

Vulnerabilidade

 

Durante o julgamento, a Ministra Regina Helena Costa destacou que a situação de vulnerabilidade e necessidade de auxílio permanente pode acontecer com qualquer segurado do INSS. “Não podemos deixar essas pessoas sem amparo”, afirmou.

 

A ministra ressaltou ainda que o pagamento do adicional cessará com a morte do aposentado, o que confirma o caráter assistencial do acréscimo. O acréscimo de 25% sobre o valor da aposentadoria deve ser pago ainda que a pessoa receba o limite máximo legal fixado pelo INSS (teto), conforme previsto em lei.

 

Para Regina Helena Costa, a fixação do entendimento pelo STJ atende a um pedido da segunda instância, para uniformização da interpretação da lei federal.

 

A tese fixada em recurso repetitivo terá aplicação em todas as instâncias da Justiça. Em todo o Brasil, 769 processos estavam suspensos aguardando a decisão do STJ.

 

Processos relacionados: REsp 1720805 e REsp 1648305

Fonte: Superior Tribunal de Justiça
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99804-0518.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR