OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Filha de Olga, Anita Prestes realiza conferência e lançamento de livro em Cuiabá

Filha de Olga, Anita Prestes realiza conferência e lançamento de livro em Cuiabá

No livro, Anita Prestes relata o que Olga Benário viveu de 1936 até sua morte, em 1942, tendo como suporte as informações dos arquivos da Gestapo

Saiba Mais
Ciclo de Palestras comemora os 200 anos de nascimento de Karl Marx

Ciclo de Palestras comemora os 200 anos de nascimento de Karl Marx

O Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Cuiabá em parceria com o SINASEFE/MT, realizam amanhã (22), a partir das 08h da manhã, o ciclo de palestras “Karl Marx: Conhecer para não temer”.

Saiba Mais
Professores da ativa que receberam valores retroativos de RSC têm direito a diferenças remuneratórias

Professores da ativa que receberam valores retroativos de RSC têm direito a diferenças remuneratórias

A Assessoria Jurídica do SINASEFE/MT informa a todos os professores da ativa que receberam valores retroativos decorrente do Reconhecimento de Saberes e Competências – RSC, que os mesmos possuem direito a diferenças remuneratórias relativo a atualização monetária do período de março/2013 até a data do efetivo pagamento diretamente no contracheque.

Saiba Mais
MP perde validade e servidores não terão contribuição previdenciária reajustada

MP perde validade e servidores não terão contribuição previdenciária reajustada

Em 30 de outubro de 2017, em edição extraordinária do Diário Oficial da União, o Governo Federal publicou a Medida Provisória n. 805/2017, a qual postergava os aumentos já aprovados em anos anteriores para diversas categorias do funcionalismo público, bem como aumentava a contribuição previdenciária dos servidores ativos, aposentados e dos pensionistas de 11% para 14%.

Saiba Mais
Servidores do IFMT são eleitos membros da Direção Nacional

Servidores do IFMT são eleitos membros da Direção Nacional

Durante a realização do 32º CONSINASEFE, o Congresso Nacional do SINASEFE, servidores lotados em diversas unidades do Instituto Federal de Mato Grosso foram eleitos para compor a Direção Nacional (DN) e o Conselho de Ética da DN do SINASEFE durante o biênio 2018-2020. As eleições aconteceram na última terça-feira (01).

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 01 de Dezembro de 2017, 18h20   (Atualizada 01/12/2017 às 18:20)

Nota contra a desmarcação da Greve Geral de 5 de dezembro

CONTINUEMOS A LUTA

Hoje (01/12) fomos surpreendidos com a desmarcação da Greve Geralassinada pela cúpula de seis centrais sindicais (CUTForça SindicalCTBUGTNova Central e CSB). Isto, sem consulta prévia à CSP-Conlutas e sem consulta à suas próprias bases nos estados e nos sindicatos. Resolveram desmarcar por telefone a Greve Geral convocada para o dia 5 de dezembro.

 

Isto acontece exatamente no momento em que o governo Temer está com dificuldade em conseguir o número de votos necessários para a aprovação do fim da aposentadoria dos trabalhadores brasileiros. Acontece no momento em que na base aumenta a disposição em realizar a Greve Geral e manifestações para derrotar definitivamente a Reforma da Previdência (PEC 287/2016).

 

Este recuo é um grave erro e ajuda somente ao governo Temer. Não conta com o apoio da CSP-Conlutas e nem do SINASEFE!

 

Este recuo significa abrir mão de uma ferramenta fundamental, que é a Greve Geral, uma grande oportunidade de, pela ação direta, enterrarmos de vez essa reforma que acaba com a nossa aposentadoria e vem sendo articulada a base da compra de votos por um governo e um Congresso Nacional corruptos a serviço da burguesia desse país.

 

A CSP-Conlutas está chamando todos os sindicatos e organizações de base a se manterem mobilizados e realizarem assembléias, protestos e manifestações, a manterem a pressão sobre os deputados nas casas e aeroportos.

 

O SINASEFE NACIONAL, atendendo a esse chamado, convoca suas bases e seções sindicais a manterem o dia 5 de dezembro como dia de GREVE NACIONAL ou a fazerem, dentro de suas possibilidades, manifestações, paralisações, aulas públicas etc. Vamos parar a Rede Federal de Educação contra a Reforma da Previdência e contra todos os ataques do governo Temer: não vamos baixar a guarda!

 

O governo recuou apenas por uma semana, e se for colocar em votação a reforma, chamamos a todos os sindicatos e organizações a paralisarem o país imediatamente.

 

Só a luta unificada e uma Greve Geral podem derrotar o governo Temer e esse congresso de corruptos!

 

Se quiserem votar, o Brasil vai parar!

Fonte: SINASEFE Nacional
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99804-0518.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR