OUVIDORIA DO SINDICATO
CONTATO
SOBRE
HOME

Decreto pela intervenção federal no RJ adia votação da reforma da Previdência

Decreto pela intervenção federal no RJ adia votação da reforma da Previdência

Movimentos e oposição avaliam que intervenção é “cortina de fumaça” para despistar dificuldade de aprovação da reforma

Saiba Mais
Greve Geral contra a Reforma da Previdência tem ato confirmado em Cuiabá

Greve Geral contra a Reforma da Previdência tem ato confirmado em Cuiabá

O SINASEFE/MT convoca todos os servidores lotados no IFMT, principalmente os que estão nas unidades de Cuiabá, Bela Vista, Reitoria e Várzea Grande a participarem da manifestação em defesa da Previdência que será realizada na próxima segunda-feira (19), em frente à sede do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), em Cuiabá, a partir das 7h.

Saiba Mais
“Nós falamos o que o povo quer”, diz diretor de carnaval da Tuiuti

“Nós falamos o que o povo quer”, diz diretor de carnaval da Tuiuti

Em entrevista ao Intervozes sobre repercussão da crítica política feita pela escola de samba, ele afirma que resposta depende da sociedade

Saiba Mais
Perseguição e assédio são denunciados por servidores do Campus Avançado de Diamantino no CONSUP e geram revolta entre os servidores do IFMT

Perseguição e assédio são denunciados por servidores do Campus Avançado de Diamantino no CONSUP e geram revolta entre os servidores do IFMT

Os servidores lotados no IFMT - Campus Avançado de Diamantino denunciaram no CONSUP que estão sofrendo perseguição e assédio moral por parte da administração do Campus. A comunicação foi feita através de carta pública, publicada no dia 12 de dezembro de 2017.

Saiba Mais
Reunião entre representantes das chapas que concorreram às eleições do sindicato é realizada

Reunião entre representantes das chapas que concorreram às eleições do sindicato é realizada

Os representantes das três chapas que concorreram às eleições para gestão do SINASEFE MT biênio 2017-2019 se reuniram ontem (06) na sede do sindicato para discutir a atual situação jurídica que envolve o pleito realizado em dezembro passado.

Saiba Mais

HOME / NOTÍCIAS

Sexta-Feira, 01 de Dezembro de 2017, 18h20   (Atualizada 01/12/2017 às 18:20)

Nota contra a desmarcação da Greve Geral de 5 de dezembro

CONTINUEMOS A LUTA

Hoje (01/12) fomos surpreendidos com a desmarcação da Greve Geralassinada pela cúpula de seis centrais sindicais (CUTForça SindicalCTBUGTNova Central e CSB). Isto, sem consulta prévia à CSP-Conlutas e sem consulta à suas próprias bases nos estados e nos sindicatos. Resolveram desmarcar por telefone a Greve Geral convocada para o dia 5 de dezembro.

 

Isto acontece exatamente no momento em que o governo Temer está com dificuldade em conseguir o número de votos necessários para a aprovação do fim da aposentadoria dos trabalhadores brasileiros. Acontece no momento em que na base aumenta a disposição em realizar a Greve Geral e manifestações para derrotar definitivamente a Reforma da Previdência (PEC 287/2016).

 

Este recuo é um grave erro e ajuda somente ao governo Temer. Não conta com o apoio da CSP-Conlutas e nem do SINASEFE!

 

Este recuo significa abrir mão de uma ferramenta fundamental, que é a Greve Geral, uma grande oportunidade de, pela ação direta, enterrarmos de vez essa reforma que acaba com a nossa aposentadoria e vem sendo articulada a base da compra de votos por um governo e um Congresso Nacional corruptos a serviço da burguesia desse país.

 

A CSP-Conlutas está chamando todos os sindicatos e organizações de base a se manterem mobilizados e realizarem assembléias, protestos e manifestações, a manterem a pressão sobre os deputados nas casas e aeroportos.

 

O SINASEFE NACIONAL, atendendo a esse chamado, convoca suas bases e seções sindicais a manterem o dia 5 de dezembro como dia de GREVE NACIONAL ou a fazerem, dentro de suas possibilidades, manifestações, paralisações, aulas públicas etc. Vamos parar a Rede Federal de Educação contra a Reforma da Previdência e contra todos os ataques do governo Temer: não vamos baixar a guarda!

 

O governo recuou apenas por uma semana, e se for colocar em votação a reforma, chamamos a todos os sindicatos e organizações a paralisarem o país imediatamente.

 

Só a luta unificada e uma Greve Geral podem derrotar o governo Temer e esse congresso de corruptos!

 

Se quiserem votar, o Brasil vai parar!

Fonte: SINASEFE Nacional
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - MT
Rua Marechal Floriano Peixoto, 97. CEP: 78.005-210. Cuiabá-MT
(65) 3358-3171 - (65) 99804-0518.   CNPJ:03.658.820/0010-54.  sinasefemt@sinasefemt.org.br
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR